CHIQUINHO DA MANGUEIRA

COMISSÃO DE ESPORTES VAI DISCUTIR SITUAÇÃO DE CLUBE EM CAMPO GRANDE COM FFERJ

A Comissão de Esporte e Lazer da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai entrar em contato com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) para discutir a situação do Campo Grande Atlético Clube. Em audiência pública da Comissão realizada na última quinta-feira (28/4), torcedores e sócios do Campo Grande manifestaram indignação com a falta de transparência da diretoria e a crise financeira do clube. No início do ano, com o fechamento do Maracanã para os Jogos Olímpicos, o estádio da agremiação chegou a ser cogitado para receber jogos do Flamengo, mas o projeto de revitalização não chegou a ser concluído. Segundo o sócio-proprietário Jorge Luiz Herrera, as instalações do clube, que tem um estádio que poderia receber partidas oficiais, estão em estado precário. “Nós não sabemos nada sobre as parcerias do clube, quais as atividades, o que a diretoria está fazendo com o dinheiro dos sócios”, declarou Jorge.

 

Comércio local
Moradores de Campo Grande também alegaram que a decadência do clube prejudicou extremamente o comércio da região, principalmente na Rua Artur Rios, onde fica o estádio do clube, chamado Ítalo Del Cima. O presidente da Comissão de Esportes e Lazer, deputado Chiquinho da Mangueira (PMN) disse que convidou a direção do clube para prestar esclarecimentos durante a audiência, mas nenhum representante compareceu.Segundo Chiquinho, a Comissão irá fazer de tudo para ajudar o clube a sair desta situação. “Vamos acompanhar o inquérito policial do Ministério Público, convidar novamente a direção do Campo Grande para uma nova audiência e nos reunir com o presidente da Ferj, Rubens Lopes, para saber como está a situação do time diante da Federação e o que pode ser feito”, concluiu Chiquinho.

 

Fonte: Alerj
Texto: Felipe Teixeira
Foto: Octacílio Barbosa

ESCREVA SEU COMENTÁRIO